22 de agosto de 2008

Humor e filosofia

Um sinal seguro de que estamos perante uma mentira intelectual, política ou social é a exigência de “respeito”: a ideia de que há certas coisas com as quais não se deve brincar nem fazer humor. A propósito disto, estive a rever um bom texto de Mellor, que procura mostrar a importância do humor na filosofia e na vida social. O texto tinha sido publicado em 2004, mas apenas parcialmente. Revi a tradução e traduzi o resto do texto. Espero que a sua leitura seja estimulante. Está aqui.

1 comentário:

  1. Aqui há uns tempos, a revista The Monist publicou um número inteiramente dedicado ao Humor. Enfim, ideal para quem julga que humor e filosofia se excluem (quem pensa isso, só pode ser apelidado de palhaço).

    ResponderEliminar