14 de agosto de 2008

O valor da filosofia

Um dos problemas que o leigo comummente levanta, no que diz respeito à disciplina, é o seguinte: os filósofos procuram alcançar a verdade, mas se a verdade é inalcançável, o projecto morre à partida e a tarefa dos filósofos não passa de entretenimento. Esta ideia é desprestigiante para a filosofia. A razão é que ela goza de alguma fama injusta, pois trata-se de uma ideia falsa. Colecciono aqui alguns textos que podem sintetizar e explicar ao leitor comum para que serve e o que é a filosofia bem como da relação com a verdade.

O que é a filosofia, Nigel Warburton

A especificidade da filosofia, Desidério Murcho

O valor da filosofia, Bertrand Russell

Para que serve a filosofia, Desidério Murcho

O que é a filosofia, Thomas Nagel

10 falsas questões sobre a filosofia, Rolando Almeida

O que é isso de investigação em filosofia, Miguel Amen

Claro que o problema da verdade é um problema mais complexo, mas deixo aqui um texto que expõe muito bem as expectativas que temos face à verdade:

Acesso privilegiado à verdade, Desidério Murcho

Um ou outro artigo é de acesso restrito para assinantes da Crítica. Após a leitura destes curtos textos o leitor comum está já capaz de iniciar uma discussão plausível sobre o valor da filosofia.

3 comentários:

  1. Outro ótimo texto, também para leigos, com relação à questão da verdade é 'A relatividade do errado', de Isaac Asimov: http://str.com.br/Str/relatividade.htm

    ResponderEliminar
  2. Lógica, filosofia e cognição, de Desidério Murcho é também um excelente texto para caracterizar a filosofia e explicar sua relação com a verdade.

    ResponderEliminar