23 de setembro de 2008

Richard Taylor

O propósito da vida é simplesmente viver, do modo como for natural viver. Passamos pela vida construindo os nossos castelos, começando cada um deles a desaparecer no tempo à medida que começa o seguinte; contudo, não seria uma salvação descansar de tudo isto. Seria uma condenação, que não seria redimida mesmo que pudéssemos contemplar as coisas que fizemos, ainda que fossem belas e absolutamente permanentes, coisa que nunca são.

Sem comentários:

Enviar um comentário