24 de março de 2009

Bertrand Russell


O verdadeiro mundo real, para Platão, é o mundo das ideias; pois seja o que for que tentemos dizer sobre as coisas no mundo dos sentidos, só podemos dizer que participam em tais e tais ideias que, consequentemente constituem todo o seu carácter. Por isso, é fácil avançar para um misticismo. Podemos ter a esperança de, numa iluminação mística, ver as ideias como vemos os objectos dos sentidos; e podemos imaginar que as ideias existem no Céu. Estes desenvolvimentos místicos são muito naturais, mas a base da teoria está na lógica, e é enquanto baseada na lógica que temos de a considerar.

Sem comentários:

Enviar um comentário