31 de março de 2009

Iluminismo Radical, de Jonathan I. Israel


Acabei de publicar aqui uma recensão de Weber Lima deste apetitoso livro.

1 comentário:

  1. A recensão ao livro até está interessante e estimula a leitura, mas não posso deixar de fazer reparo à última expressão: «apesar da opinião de Marx». É que eu gostava de saber onde é que o ilustre comentador foi buscar a ideia de que para Marx as ideias não eram importantes; aquilo que Marx fez muito bem e cujo contributo não podemos ignorar foi mostrar que as ideias não surgem num espaço etéreo, mas são «filhas» da época e reflectem contextos económicos, sociais e culturais que por sua vez elas próprias podem ajudar a alterar, esse é o aspecto dialéctico da filosofia de Marx. Mas realmente parece que não só se continua a pretender abafar o pensamento deste autor como ainda, o que reputo de mais grave, a deturpá-lo.

    ResponderEliminar