21 de março de 2009

o projecto abolicionista

Pode-se ler AQUI um texto de David Pearce, intitulado "O Projecto Abolicionista", do qual fiz uma revisão/retradução a pedido do autor. Graças a este trabalho, o glossário de inglês-português da Crítica ganhou mais alguns termos, como "círculo vicioso hedónico", "nível hedónico predeterminado" e "tonalidade hedónica".
Já agora introduzimos esta distinção lexical: "hedónico" refere-se ao carácter agradável/desagradável das experiências, ao passo que "hedonista" é a posição que considera o prazer como o maior bem. Assim, as experiências dos puritanos têm valor hedónico mas essas pessoas não são hedonistas.
O texto fala acerca da possibilidade técnica e do imperativo moral da abolição do sofrimento para todas as formas de vida senciente. Apresenta-se em três partes: 1) Por que razão o projecto abolicionista é tecnicamente possível; 2) por que razão deve acontecer (é moralmente desejável); 3) por que razão acontecerá.
Aproveito para convidar os eventuais leitores a chamarem a atenção para qualquer problema técnico, erro ou outro detalhe que detectem na tradução.

Sem comentários:

Enviar um comentário