28 de julho de 2009

Sucesso, tragédia e ilusões contemporâneas


1 comentário:

  1. Já agora aproveito para informar que este autor tem algumas obras traduzidas em portugal. Não é dos meus autores favoritos, mas reconheço que deva ser um autor muito interessante para o público não especializado.

    ResponderEliminar