26 de abril de 2010

Palavra e objeto

A edição brasileira de Palavra e Objeto, de Quine, com tradução de Sofia Stein e minha está já à venda no site da Vozes. Ainda não chegou às livrarias, contudo. Na Crítica, podemos ler dois excertos da minha tradução: "Proposições e Frases Eternas" e "Ascensão Semântica".

5 comentários:

  1. Essa capa segue o padrão da capa que o 'Empirismo e Filosofia da Mente' ganhou e que, honestamente, está muito feia. Claro que esse tom de azul ficou melhor, mas ficaria ainda melhor se não houvessem aqueles 'Logos' e 'Episteme' flutuando no fundo. O desenho abstrato da direita também não faria falta. Sem estes elementos a capa ficaria mais simples, mas muito mais bonita.

    ResponderEliminar
  2. Irá haver edição aqui do outro lado do atlântico?

    Ricardo Miguel

    ResponderEliminar
  3. Tanto quanto sei, não haverá edição portuguesa da tradução. Mas a Vozes distribui os seus livros em algumas livrarias portuguesas, nomeadamente a Bertrand. Ou pelo menos costumava fazê-lo.

    Quanto à capa, não tive qualquer palavra a dizer; só a vi pela primeira vez quando apareceu no site do editor.

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que o desenho da capa não tem influência no conteúdo do livro. Eu também concordo que ela é um tanto feia, mas isto para mim é irrelevante.

    ResponderEliminar