27 de abril de 2010

Temos um bom ensino da filosofia no ensino secundário?

Quando discuto o ensino da filosofia no ensino secundário em Portugal defendo a ideia de que temos um mau ensino da filosofia partindo de uma premissa que é algumas vezes discutida, a de que temos uma má formação académica em filosofia. O argumento formalizado será este:

Se temos uma má formação em filosofia, então temos um mau ensino da filosofia
Temos uma má formação em filosofia
Logo temos um mau ensino da filosofia

O argumento é válido, é um Modus Ponens. Mas será um bom argumento? Para ser um bom argumento, além de ser dedutivamente válido, tem de ter premissas verdadeiras e as premissas tem de ser mais plausíveis que a conclusão. Que acha o leitor? 

2 comentários:

  1. O argumento não me parece cogente porque a segunda premissa não é claramente mais plausível do que a conclusão. Isto vê-se porque seja quem for que não concorde com a conclusão provavelmente também não concorda com essa premissa.

    ResponderEliminar
  2. Exacto. Para discutir o argumento temos de ter uma ideia pacifica do que é uma "boa formação".

    ResponderEliminar