28 de julho de 2010

Somos todos bestas

Há um dualismo persistente que nos faz falar de animais, como se isso não nos incluísse. Mary Midgley é uma das filósofas que se tem oposto a este erro. Acabo de publicar um excerto do seu popular livro Beast and Man, em tradução de Ana Beatriz de Katina Katinsky e Regina Andres Rebollo.

1 comentário: