2 de julho de 2010

W. K. Cliford

Dificilmente faz parte da natureza humana que um homem avalie com bastante precisão os limites da sua própria sagacidade; mas é o dever daqueles que beneficiam com o seu trabalho considerar cuidadosamente onde poderá ele ter sido levado a ultrapassar esses limites.

Sem comentários:

Enviar um comentário