20 de fevereiro de 2011

Timothy Williamson


Na crónica desta semana, Williamson explica por que pensa que fazemos filosofia exactamente com as mesmas capacidades cognitivas que usamos para saber se há leite no frigorífico.

1 comentário: