16 de março de 2011

Justificando a liberdade política

Agora temos em português "A Moralidade da Liberdade", de Joseph Raz, livro que é considerado por alguns como um dos mais importantes de filosofia política desde o clássico "Uma Teoria da Justiça", de John Rawls. O livro é uma defesa sofisticada do liberalismo político e uma contribuição relevante para uma série de problemas de ética, filosofia política e filosofia do direito tais como a justificação da autoridade política, a neutralidade política, a natureza dos direitos, deveres, interesses, igualitarianismo, perfeccionismo, consequencialismo e incomensurabilidade de valores. Assim como Rawls pretendeu fundamentar as aspirações do liberalismo político em uma teoria da justiça, Joseph Raz pretende o mesmo a partir de uma teoria da autonomia. A autonomia, defende Raz, é um bem imprescindível para qualquer vida satisfatória e por isso não deve ser violada ou invadida sob qualquer pretexto. Pelo contrário, as autoridades têm o dever de assegurar que tenhamos vidas autônomas. Mais do que isso, todas as pessoas têm o dever de promover condições que permitam que outras pessoas tenham vidas autônomas. A editora Elsevier está de parabéns pela edição do livro!

Sem comentários:

Enviar um comentário