2 de fevereiro de 2012

Arran Gare

Se a argumentação rigorosa fosse a base para determinar a aceitação ou rejeição de ideias, então o livro Darwinian Creativity and Memetics, de Maria Kronfeldner, deveria acabar finalmente com a teoria da cultura de Richard Dawkins, baseada na noção de "memes". 

3 comentários:

  1. Aliás, alguém aí poderia explicar-me o que é realmente um "meme"? Só se fala nisto agora, e já vi algumas interpretações diferentes. Ou mesmo indicar um texto ou livro que explique a qiuestão. Obrigado.

    ResponderEliminar
  2. Para bibliografia, a Susan Blackmore (para além do Dawkins e do Dennett) fala destas questões no livro "The Meme Machine" e tem textos e artigos no seguinte link: http://www.susanblackmore.co.uk/Research/memes.htm.

    Mas, eu concordo que a ideia de meme é descabida...

    ResponderEliminar
  3. O novo link para o livro: http://www.routledge.com/books/details/9781844652563/

    ResponderEliminar