22 de março de 2012

Dicionário Escolar de Filosofia


A edição electrónica do Dicionário Escolar de Filosofia, de que sou organizador, ultrapassou já o meio milhão de visitantes, desde a sua última renovação. O número médio de visitantes é de quase mil por dia e o tempo médio de cada visita é superior 5 minutos. Isto parece indicar que o dicionário tem sido útil para muitos estudantes e outras pessoas interessadas na filosofia, tanto em Portugal como no Brasil. 

É de salientar que a edição em linha se baseia na 1ª edição do livro (Plátano: 2003), entretanto esgotada. A 2ª edição em livro (Plátano: 2009) é uma versão totalmente revista e ampliada. Alguns dos novos artigos desta última edição encontram-se também no sítio do dicionário, que é da responsabilidade de Desidério Murcho. Vários colaboradores da Crítica e deste blog escreveram também artigos para o dicionário. 

6 comentários:

  1. Parabéns Aires

    O Dicionário tem sido uma ferramenta indispensável para mim

    ResponderEliminar
  2. Um abraço, Aires. Também sou um desses "meio milhão", várias vezes.

    ResponderEliminar
  3. Um abraço, Aires. Também sou um desses "meio milhão", várias vezes.

    ResponderEliminar
  4. Eu confesso que não conhecia, no entanto já lá vou dar uma vista de olhos. Mas, desde já, parabéns pelo bom trabalho!

    ResponderEliminar
  5. Sempre coloco o DEF como bibliografia básica para meus alunos no Brasil

    ResponderEliminar