13 de dezembro de 2012

Utilitarismo, de Tim Mulgan


Acaba de sair, pela Editora Vozes, com o título Utilitarismo, a tradução de Understanding Utilitarianism, de Tim Mulgan. O leitor brasileiro tem agora uma ótima introdução a uma das principais -- e diga-se de passagem, a mais entusiasmante -- correntes da filosofia moral. A tradução é de Fábio Creder e pelo que me pareceu está cuidada. O livro apresenta o utilitarismo de maneira bastante simples e clara, expondo suas principais virtudes e dificuldades teóricas, suas principais variantes, as principais objeções enfrentadas, seu apelo intuitivo, sua aplicabilidade, sua relação com os animais não-humanos, a obrigação com as gerações futuras, y otras cositas más. Ao terminar o livro, o leitor terá uma imagem ampla do utilitarismo, de sua versão clássica até aos debates contemporâneos. 

Índice:
1- Introdução
2- O utilitarismo clássico
3- Provas do utilitarismo 
4- Bem-estar
5- Injustiças e exigências
6- Atos, regras e instituições 
7- Consequencialismo 
8- Praticidade
9- O futuro do utilitarismo 
Questões para discussão e revisão
Leituras complementares 

Sem comentários:

Enviar um comentário