7 de agosto de 2013

A Crítica a blogar há 5 anos


Exactamente há cinco anos atrás Desidério Murcho dava as boas-vindas
a este espaço de divulgação e discussão.


Que memórias têm daquilo que aqui se divulgou e discutiu?

O que foi para si o melhor e o pior?

5 comentários:

  1. As minhas felicitações por este espaço, em particular ao D. Murcho!

    Aspectos positivos: - a capacidade para divulgar e promover a filosofia, aspecto tanto mais de enaltecer quanto estamos numa terra a ela tão avessa;
    - a oportunidade para o debate alargado das ideias.

    Aspecto menos positivo: uma perspectiva por vezes restritivista da filosofia, que abriga algum sectarismo nalguns posts e comentários.
    (Por exemplo, estranhou-se por que não se divulgou aqui - como se faz com tantos acontecimentos, alguns bem menos relevantes - o Congresso Mundial da Filosofia a decorrer por esta altura em Atenas).

    Boa sorte!























    ResponderEliminar
  2. E que tal criar um fórum?
    Seria um espaço onde se podia perguntar coisas sobre os diversos assuntos a pessoas com mais conhecimento e discutir muito mais à vontade. Este blog não é propriamente de discussão, ou é? É mais um espaço onde são colocados artigos.
    Continuem com o bom trabalho ^^

    ResponderEliminar
  3. Segundo o Público, "Intervenções especiais a despertar expectativa são as do filósofo e sociólogo alemão Jurgen Habermas, que vai falar sobre o “cosmopolitismo”, e a do especialista em semiótica e famoso romancista italiano Umberto Eco, com uma palestra sobre o filósofo e médico sefardita medieval Maimónides de Córdoba".

    Parece-me natural que um congresso em que pontificam Habermas e Eco não interesse muito a quem se interessa por filosofia.

    ResponderEliminar
  4. É difícil escolher o melhor devido à variedade e à quantidade. O pior foi o abrandamento da atividade verificado nos últimos tempos.

    Obrigado!

    ResponderEliminar
  5. Carlos Pires, obrigado por mostrar, com o seu douto comentário (o 1º), a pertinência do meu reparo quanto ao sectarismo de algumas intervenções que encontram acolhimento neste espaço...

    O que também diz bastante sobre o significado da "variedade" que refere no 2º...

    ResponderEliminar