29 de junho de 2014

A chimpanzé Julie e o especismo



Quando um animal apresenta um comportamento que aparentemente não tem qualquer valor adaptativo, isso coloca-nos perante o tipo de comportamentos que associamos à complexidade de ser uma pessoa. Ora se este tipo de comportamentos surge nos animais não humanos isso pode fazer vacilar convicções especistas.

Então o que dizer da capacidade dos chimpanzés lançarem uma moda?

Agora, em vez de pensarmos “como é ser um morcego”, poderemos pensar como é ser a Julie, a chimpanzé criadora de brincos.

2 comentários:

  1. Gostei do blog mas não sei onde segue :/

    ResponderEliminar
  2. Olá Rafaella, na coluna da esquerda (no final) tem a opção "Siga-nos" para receber a notificação dos posts ou dos comentários (ou ambos).

    E no topo tem a ligação para a página da Crítica no Facebook (https://www.facebook.com/pages/Cr%C3%ADtica-na-rede/152009041478254), a partir da qual também pode seguir as nossas actualizações.

    Obrigado pelo seu interesse.

    ResponderEliminar