28 de outubro de 2015

Quer um Carro Utilitarista?

Imagem do carro de condução automática em diferentes situações e escolhas (retirada do artigo).


Em breve o Problema do Trólei deixará de ser uma experiência mental para testar as nossas crenças éticas e tornar-se-á uma realidade do dia-a-dia. Isto porque os carros de condução automática já aí estão e vão ter de tomar esse tipo de decisões.
  • Deverá um carro de condução automática matar os seus passageiros para evitar matar um grupo de pessoas que o inclui a si?
  • Deverá o seu carro de condução automática matá-lo a si para evitar um número maior de vítimas?
  • Será que o carro deverá responder da mesma maneira a estas duas situações e se não, porquê?
Foi em questões deste tipo que pensou um grupo de investigadores liderado por Jean-Francois Bonnefonda, na Toulouse School of Economics, e publicaram agora os seus resultados.

Outras questões que este projecto levanta podem ser as seguintes:

  • Deverá haver outras opções de carros que respondam a diferentes teorias éticas? Como?
  • Será que estes carros mostram que toda a gente é utilitarista, quando chegamos a questões de facto e saímos das teorias filosóficas?

[Agradeço ao Desidério as sugestões para melhorar este post.]

Sem comentários:

Enviar um comentário