31 de março de 2011 Blog

Zen e a arte de manutenção da filosofia

Desidério Murcho
"O raciocínio não é um instrumento mágico que possa ser usado unicamente para refutar aquelas ideias de que não gostamos. Quando se abre a caixa de Pandora do pensamento crítico, nada fica para lá do seu domínio de aplicação." Isto afirmo eu aqui, mas o leitor poderá não concordar.

2 comentários :

Augusto Mascarenhas disse...

Gostei muito do texto, parabéns.

Corrigiria apenas o início do 7º parágrafo (me parece que a expressão correta seria "por que" e não "porquê").

Desidério Murcho disse...

Obrigado pela proposta de correcção. Este é um aspecto em que o português do Brasil difere do de Portugal: usamos "porquê" quando fazemos uma pergunta, e não "por que", ao contrário do Brasil.

Arquivo